28 de maio de 2020

Qual a importância do cloro na água potável

Qual a importância do cloro na água potável

Você já parou para pensar na importância do cloro na água potável? Pois saiba que o cloro é uma parte fundamental do processo de desinfecção da água no mundo. Mais do que isso, é um dos principais elementos utilizados para esse fim. É eficaz e o impacto como elemento químico é bastante importante. 

O cloro é fabricado eletroliticamente pelo processo de membrana do diafragma, mercúrio ou célula. Em cada processo, uma solução salina (salmoura) é eletrolisada pela ação da corrente elétrica direta, que a converte nos íons cloreto em cloro elementar. 

Continue acompanhando nosso artigo e conheça abaixo mais algumas informações importantes referentes ao cloro na água potável. Vem com a gente!

Conhecendo os parâmetros de cloro na água potável

A desinfecção visa eliminar microorganismos patogênicos e garantir a ausência de qualquer germe infeccioso (bactérias ou vírus) nas águas. Os produtos clorados são as substâncias mais utilizadas no tratamento químico da água, devido à sua facilidade de controle de seus níveis.

 Todos os produtos clorados utilizados no tratamento produzem ácido hipocloroso (HClO) ao reagir com água. O ácido hipocloroso é um ácido fraco que se dissocia em hipoclorito (ClO-) na água, de acordo com um equilíbrio condicionado pelo valor do pH.

Portanto, a soma dessas 2 formas constitui o que é chamado de cloro livre. Em águas com pH alto, a maior parte do ácido hipocloroso (cloro ativo) é convertida em íon hipoclorito (potencial cloro), uma forma de cloro com poder desinfetante muito baixo.

 O cloro combinado é o resultado da combinação de cloro com amônia e matéria orgânica nitrogenada na água. Logo, a soma do cloro livre e do cloro combinado constitui o cloro total.

Com as qualidades expostas, podemos concluir que o cloro na água potável traz benefícios muito eficazes em vários aspectos do tratamento da água, como:

  • Remoção de metais da água, como ferro e manganês.
  • Extração de sulfeto de hidrogênio.
  • Eliminação orgânica de corantes.
  • Melhorias na coagulação por dióxido de silício.
  • Controle de odores e sabores.
  • Prevenção do crescimento de algas.
  • Presença de correção de volume.
  • E claro, eliminação de bactérias e vírus.

Cloro na água faz mal?

Muitas teorias e crenças populares afirmam erroneamente que a presença de cloro na água potável faz mal para a nossa saúde. Pelo contrário, desde a sua descoberta no século XIX, as chamadas “doenças da água”, causando centenas de mortes, foram reduzidas e, em muitos casos, erradicadas.

O cloro é um oxidante que desempenha uma função desinfetante, sendo um oxidante forte, que ataca as membranas das bactérias e as destrói. Diante disso, devido à sua grande eficácia, o cloro é o que garante a qualidade bacteriológica da água. 

Além do mais, ao contrário do ozônio, que outro desinfetante muito eficaz, o cloro tem um grande ponto a seu favor, seu poder residual. 

Ação do cloro nos microrganismos

O cloro é dosado na última etapa do processo de purificação, depois que a água é clarificada. Sua principal função é eliminar todas as bactérias presentes na água que sobreviveram ao processo de coagulação e filtração.

Para estabelecer a dose a ser adicionada, é realizado um teste preliminar, chamado de “demanda de cloro”: de acordo com a qualidade da água alcançada nesse caso, a demanda de cloro será diferente. Quanto mais eficiente o processo de clarificação e filtragem, menor a demanda.

Da mesma forma, a dose é calculada de forma que o cloro possa oxidar todas as bactérias ainda presentes na água e que também persista de maneira residual para proteger o recurso em sua jornada para os consumidores.

Em resumo, o cloro residual garante a boa qualidade da água em todo o sistema de distribuição. O cloro na água potável também atua sobre bactérias que podem estar presentes em instalações internas, por isso é importante manter e limpar os tanques domésticos regularmente.

Conclusão sobre a ação do cloro na água potável

De maneira resumida, a cloração da água é um processo usado nos tratamentos de água para desinfetar bactérias e organismos patogênicos.

O cloro é usada nas partes finais do tratamento de purificação e dessalinização. Esse processo procura eliminar microorganismos que possam ter sobrevivido aos processos anteriores. 

Para isso, é adicionada uma substância oxidante (cloro ou compostos de cloro), que garante a qualidade da água contra possíveis contaminações acidentais como durante sua jornada pela rede de abastecimento ou saneamento.

A JG Bebedouros está pronta para atender você e sua empresa na busca pelo bebedouro perfeito! Clique aqui e conheça nossos principais modelos ou fale com um de nossos vendedores online. Também acesse nossas redes sociais e aproveite nosso conteúdo!

Logo, se essas dicas foram importantes para você e responderam algumas de suas dúvidas, compartilhe em suas redes sociais para que esse conteúdo ajude mais pessoas. Um forte abraço e nos vemos em uma próxima oportunidade.

ATENDIMENTO

SEGUNDA A SEXTA, DAS 08 ÀS 18H

TELEVENDAS E SUPORTE:

ES (27) 98860-8119 | (27) 3326-5008

SP (11) 98048-1541 

SAC (27) 3326-5008 
SAC@JGBEBEDOUROS.COM

×
linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram